Saúde   10/10/2018 | 09h51     Atualizado em 10/10/2018 | 09h55

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Usuários reclamam da falta de endocrinologista infantil pelo SUS em Caxias do Sul

Da tribuna, se manifestou Tânia Regina Gómez / Foto: Franciele Masochi Lorenzett
Da tribuna, se manifestou Tânia Regina Gómez / Foto: Franciele Masochi Lorenzett

Um grupo de mães com filhos que utilizam o serviço de endocrinologia pediátrica, em Caxias do Sul, foi até o Legislativo, na sessão desta terça-feira (09), para reclamar da interrupção no atendimento. Por meio de acordo de lideranças partidárias, a representante do grupo, servidora pública aposentada, Tânia Regina Gómez, disse que o problema afeta cerca de 700 crianças.

Conforme Tânia, consultas já marcadas anteriormente foram canceladas. Isso porque a médica que atuava no Centro de Especialidades em Saúde (CES) foi realocada de função pelo Executivo. Além das consultas, segundo ela, também foram cancelados os exames médicos, a prescrição de receitas e a distribuição dos remédios. O grupo quer que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) traga de volta ao CES a médica Paula Vargas, que era responsável pelo atendimento.

Ainda conforme Tânia Gomez, sem médica especialista em endocrinologia pediátrica no CES, os pacientes são encaminhados para o Postão 24 Horas.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia