Radio Caxias - Repercussão   08/11/2018 | 13h36     Atualizado em 08/11/2018 | 13h40

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Convocatória do secretário da Saúde de Caxias repercute no Legislativo

Foto: Câmara de Vereadores/Divulgação
Foto: Câmara de Vereadores/Divulgação

As declarações do secretário da Saúde de Caxias do Sul, Júlio César Freitas da Rosa, à Comissão de Saúde e Meio Ambiente, nesta quarta-feira (07), repercutiu na sessão legislativa desta quinta (08). O tema foi levantado por um dos integrantes do grupo de trabalho, vereador Rodrigo Beltrão (PT). Ele criticou o fato de Freitas marcar um horário fora da sessão plenária, assim como foi convocado. Além disso, questionou o posicionamento do Executivo em desconsiderar o poder deliberativo do Conselho Municipal de Saúde.

O presidente da Comissão de Saúde, Renato Oliveira (PCdoB), também criticou a postura do secretário de Saúde. O parlamentar lamentou que o Executivo comemora a exoneração de apenas 22 dos mais de 90 médicos que atendiam no Postão 24 Horas. Entretanto que, apesar disso, Freitas não deixou claro quem vai operar a futura UPA III depois da reforma do prédio do Postão.

Rafael Bueno (PDT) alertou para o que ele considera como morosidade do governo municipal em reduzir a demanda de consultas especializadas. O pedetista criticou declarações do secretário Freitas sobre o suposto caos da saúde pública de Caxias do Sul. Na convocação, o gestor disse se tratar de fake news.

Em aparte, o líder de governo, vereador Chico Guerra (PRB), ressaltou que a atual gestão trabalha para reduzir a fila de espera e incrementar a rede pública de saúde. Segundo ele, os dados apresentados por Freitas demonstram que o colapso do setor realmente se trata de fake news.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia