Geral   07/12/2018 | 09h29     Atualizado em 07/12/2018 | 09h40

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Sindipetro/Serra contesta Procon e afirma que postos de Caxias repassam desconto do combustível

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O levantamento do Procon revela que a média constatada em Caxias do Sul é de apenas R$ 0,10 nas bombas, praticamente cinco vezes menos do que a expectativa inicial do órgão. No entanto, para o presidente do Sindicato dos Postos de Combustíveis (Sindipetro) da Serra Gaúcha, Eduardo Martins, o desconto está maior na cidade.

 

O custo do dólar e do barril de petróleo no mercado internacional baixou e, consequentemente, as refinarias também descontaram. Em vista disso, Martins explica que a Agência Nacional do Petróleo (ANP) recentemente pediu explicações às distribuidoras sobre a falta de redução no preço da gasolina.

 

O presidente avalia que os postos caxienses praticam preços, em média, de R$ 4,50, enquanto que antes o valor era superior a R$ 5,00. Ele questiona o embasamento do Procon, mas afirma que não teve acesso ao estudo.

 

Martins diz que o desconto vindo da distribuidora é repassado para a revenda, que transfere o preço ao consumidor. Ele acrescenta que a própria livre concorrência entre os cerca de 100 estabelecimentos caxienses faz com que a redução seja aplicada.

 

Martins ressalta que mais da metade do preço final do combustível é de impostos e que o ICMS praticado no Rio Grande do Sul é um dos mais altos do País.

 

Fonte: Rádio Caxias

Publicidade

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia