Segurança   07/12/2018 | 14h23     Atualizado em 07/12/2018 | 16h05

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Operação Omertà prende 38 pessoas e desarticula grupo criminoso

Foto: Divulgação/Polícia Civil
Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil, por meio da 3ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (3ª DPRM) de São Leopoldo, deflagrou na manhã desta sexta-feira (07/12), a Operação Omertà, com o objetivo de desarticular organização criminosa no Vale do Sinos e em outras regiões do estado. Durante a ação, 38 pessoas foram presas, sendo apreendidos documentos, celulares, drogas, comprovantes de depósitos bancários, entre outros.

 

As ordens judiciais foram cumpridas nas cidades de São Leopoldo, Novo Hamburgo, Porto Alegre, Alvorada, Poço das Antas, Arroio do Meio, Tramandaí, Três Cachoeiras, Montenegro, Charqueadas, Caxias do Sul e Lajeado. Destes, 16 mandados foram cumpridos em presídios de vários municípios.

 

Quarenta e oito integrantes da organização foram indiciados pelos crimes de lavagem de dinheiro, organização criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, coação no curso do processo e denunciação criminosa.

 

Durante as investigações foram R$ 2,5 milhões em valores sequestrados em imóveis; R$ 1 milhão sequestrado em veículos; mais de 30 contas bancárias congeladas, além de valores monetários sob apuração e em sigilo.

 

Omertà é um código de honra da máfia siciliana que dá importância ao silêncio, ao não cooperar com as autoridades e ao não interferir nas ações ilegais de outros, motivo pelo qual a operação recebeu esse nome.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia