YouTube Facebook Bitcom

Expectativa   28/12/2018 | 17h33     Atualizado em 29/12/2018 | 10h15

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Economista avalia como positivo novo cenário econômico estadual e federal para 2019

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os economistas consideram que a troca de governo no Rio Grande do Sul e no País gera uma esperança de que a economia melhore, por meio de encargos e mudanças tributárias. O ano de 2018 iniciou com perspectiva de crescimento de 3% do PIB, porém, no decorrer dos meses, alguns episódios frearam a economia nacional.

 

A greve dos caminhoneiros garantiu um impacto na inflação, por em torno de 60 dias e, posteriormente, as eleições influenciaram do ponto de vista econômico. Portanto, segundo os técnicos, o ano fecha com o PIB bem abaixo do esperado. A expectativa que é analisada junto com o empresariado para 2019 é positiva. A previsão é de que o PIB cresça mais de 2%.

 

De acordo com a economista Maria Carolina Gullo, há um nível de confiança grande nas mudanças, que devem acontecer junto com as trocas de governo e as reformas tributárias nacional e estadual. Além disso, Maria Carolina alerta que a população deve se conscientizar e planejar as ações financeiras.

 

Ainda segundo Maria Carolina Gullo, os consumidores precisam valorizar mais o crédito pessoal. Na opinião da economista, o CPF negativado, por exemplo, dificulta a economia familiar e a empresarial.

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia