YouTube Facebook Bitcom

Geral   10/01/2019 | 11h09     Atualizado em 10/01/2019 | 11h28

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Escultor de Nova Petrópolis é autor de estátua de Sérgio Moro

Foto: Parque Pedras do Silêncio / Divulgação
Foto: Parque Pedras do Silêncio / Divulgação

O ministro Sérgio Moro é a primeira personalidade viva que recebe uma estátua esculpida por profissionais do parque Pedras do Silêncio, de Nova Petrópolis. Um empresário de Campo Bom fez a encomenda para pagar uma promessa feita a amigos: caso o ex-presidente Lula fosse condenado por Moro, que na época atuava como juiz à frente da Operação Lava-Jato, ele bancaria uma estátua em tamanho real. Com a prisão do ex-presidente, o empresário procurou o parque e encontrou um escultor disposto a executar a tarefa. Cristóvão Hullen, escultor desde 1976, é quem assumiu a encomenda.

 

? Já tivemos pedidos que homenagearam professores, personagens como Duque de Caxias, Giuseppe Garibaldi e eventualmente pessoas anônimas. Mas ninguém em vida, e a maioria delas são de autoridades municipais ? comenta o administrador do parque, Valmor Heckler.

 

O processo de construção da estátua levou 45 dias e foi entregue ainda em dezembro. Esculpida em concreto e com estrutura interna metálica, a imagem pesa pouco mais de 300 quilos e mede 1,75 metro. O valor não é divulgado pelo parque, mas segundo Heckler, esculturas de porte pequeno costumam partir de R$ 5 mil. Amigos do empresário de Campo Bom contam que a chegada da estátua ao município, em 15 de dezembro, teve festa de inauguração, com presença de políticos e mais de 150 pessoas da comunidade. 

 

O parque Pedras do Silêncio, de Nova Petrópolis, tem mais de 80 esculturas feitas por três profissionais. Nenhuma delas presta homenagem à políticos, afirma o proprietário.

Publicidade

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia