YouTube Facebook Bitcom

Polícia   28/01/2019 | 19h42     Atualizado em 29/01/2019 | 10h46

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Brigada volta a defender ações mais amplas para coibir desordem na Estação Férrea

Foto: Fernando Santos
Foto: Fernando Santos

Após novos tumultos registrados no domingo (27) junto à Estação Férrea, no bairro São Pelegrino, em Caxias do Sul, a Brigada Militar (BM) voltou a apontar a necessidade que outras ações concomitantes sejam realizadas para ajudar na segurança do local.

 

O comandante da 1ª Companhia do 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM), capitão Diego Soccol, ressalta que a BM age desde o ano passado no espaço, em dias específicos, para tentar manter a ordem pública. Em dezembro de 2018 foram seis operações de policiamento e oito em janeiro deste ano.

 

O capitão afirma que as ações continuarão sendo feitas pela Brigada na Estação Férrea. Contudo, ele ressalta a necessidade para que ocorram outras frentes, como iluminação pública e revitalização da área, ajudando, dessa forma, a minimizar os problemas que envolvem a região.

 

O comandante relata que o evento realizado na Estação no último fim de semana não era de conhecimento da corporação, sendo que a organização se deu via redes sociais. Acrescenta que assim que a aglomeração e desordem foram constatadas a BM compareceu no local.

 

Ainda de acordo com o capitão, o Batalhão está se organizando para poder atender a demanda dos eventos de carnaval, futebol e Festa da Uva que ocorrem nas próximas semanas na cidade.

 

A bagunça generalizada, com briga entre grupos, registrada no domingo, terminou com feridos e intervenção da polícia. O local já havia sido palco de tumulto semelhante na metade de dezembro passado.

 

 

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia