YouTube Facebook Bitcom

Geral   11/02/2019 | 15h38     Atualizado em 12/02/2019 | 10h07

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Caminhão atingido por helicóptero que vitimou jornalista é de empresa caxiense

Foto: Record TV/Divulgação
Foto: Record TV/Divulgação

O caminhão que acabou atingido pelo helicóptero, que resultou na morte do jornalista, Ricardo Boechat, 66 anos, é de uma empresa de Caxias do Sul. O acidente ocorreu no Km 07 da Rodovia Anhanguera, em São Paulo, no inicio da tarde desta segunda-feira (11). O veículo, uma Scania, modelo 2014, de cor prata, com placas IVT-0137, é da transportadora Rápido ABC Transportes Ltda, localizada no bairro São Cristóvão.

 

O caminhão estava sendo conduzido por João Tomankeves, 52 anos. Segundo o Gerente de Logística da empresa, Adriano Roberto Rech, 43 anos, o motorista não sofreu lesões. De acordo com ele, a transportadora realiza itinerários Caxias ? São Paulo.

 

Após um pouso forçado, a aeronave colidiu na parte dianteira do caminhão, que transitava pela rodovia. O piloto do helicóptero, identificado como, Ronaldo Quattrucci, também morreu no acidente. Boechat era apresentador do Jornal da Band, da rádio BandNews FM e colunista da revista IstoÉ.

 

Publicidade

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia