Rádio Esmeralda - Vacaria   16/05/2017 | 09h09  

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Guardiola: ‘Seleção tem de ser dirigida sempre por um brasileiro’

textos

Pep Guardiola, treinador do Manchester City, jura que jamais aceitaria um convite para assumir o comando da seleção brasileira, atualmente sob as ordens de Tite. Segundo o espanhol, que fez enorme sucesso no Barcelona e no Bayern de Munique antes de chegar à Inglaterra, no meio do ano passado, o time canarinho tem de ser dirigido por um brasileiro.

 

“Eu nunca diria que gostaria de treinar a seleção brasileira. E nunca iria ao Brasil para assinar um contrato. A seleção tem de ser comandada por um brasileiro, assim como a seleção argentina tem de ser comandada por um argentino”, disse Guardiola, em entrevista ao canal “ESPN”. O nome do espanhol foi muito cogitado para a seleção depois da Copa do Mundo de 2014, e o lateral-direito Daniel Alves, que trabalhou com ele no Barcelona, contou certa vez que seu ex-chefe havia dito que queria ser o treinador do time brasileiro.

 

Guardiola, que pela primeira vez em sua carreira de treinador vai terminar uma temporada sem títulos, fez muitos elogios à seleção brasileira da Copa de 1982, uma de suas referências de bom futebol.

 

“Um livro, um filme e uma equipe de futebol são bons quando depois de 20, 30 ou 40 anos as pessoas ainda falam deles. E todo mundo fala do Brasil de 1982. É claro que aquele time teve muita influência na minha formação no futebol.”

 

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia