Rádio Esmeralda - Vacaria   19/05/2017 | 08h02  

FacebookTwitterPinterestGoogle+LinkedIn

Polícia Civil realiza operação de Combate à Exploração Sexual Infanto-juvenil em Vacaria

textos

A Polícia Civil de Vacaria, juntamente com a Brigada Militar, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal e Corpo de Bombeiros desencadearam uma operação denominada OPERAÇÃO NIX, considerando as datas marco de combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes, dias 17 de maio (nível Estadual, Lei nº 11.642/2001) e 18 de maio (data Nacional, Lei Federal nº 9.970/2000).

Em Vacaria, os trabalhos foram coordenados pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), pelo Serviço de Inteligência Policial e Análise Criminal e pela Delegacia de Polícia Regional.

As ações iniciaram na noite de sábado e madrugada de domingo, 13 e 14 de maio, com término nesta quinta feira, 18 de maio.

Um local foi notificado pelo Corpo de Bombeiros por infração de segurança, prevenção e proteção contra incêndio e a proprietária responderá por estar exercendo a atividade sem preencher as condições estabelecidas por lei, o que caracteriza contravenção penal. No mesmo local, durante revista, foi flagrando uma pessoa portando substância com características de cocaína, o qual foi conduzido a Delegacia de Polícia.

Foram ainda revistadas e identificadas 101 pessoas encontradas nos estabelecimentos investigados.

Em outro estabelecimento noturno foi flagrada pelos policiais uma adolescente ingerindo bebida alcoólica, gerando ocorrência policial para apuração do fato.

Durante a Operação NIX foram conduzidas três adolescentes de 14 anos por não ter sido confirmado a autorização dos responsáveis para estarem em local com venda de bebida alcoólica após a meia noite, como determina Lei municipal, sendo entregue ao Conselho Tutelar devido às mesmas estarem expostas a riscos.

Duas boates foram fechadas por estar exercendo as atividades sem preencher as condições estabelecidas por lei, o que caracteriza contravenção penal.

A Polícia Civil, na tarde do dia 18 de maio, também participou da caminhada pelas principais ruas da cidade organizada pelo CREAS _ Centro de Referência Especializado de Assistência Social, com o objetivo de conscientização ao abuso e exploração sexual infantil.

Segundo dados foram 67 abusos sexuais, 62 maus tratos, 27 casos de negligência e abandono, 01 caso de violência cibernética e 25 outros casos de violências, totalizam 182 atendimentos no CREAS, de janeiro de 2016 e 17 de maio deste ano, em Vacaria.

 

Comentários

Carregar mais comentários Comentar notícia